Postado 22/05/2017 por Daniel Farkuh

Saiba como funciona o clube de carros antigos

Os clubes de carros antigos promovem encontros entre os membros, exposições, viagens, passeios e outros eventos. Pode ter certeza: praticamente todo mundo que gosta desse universo quer fazer parte de um clube.

No post de hoje, confira as vantagens de se fazer parte e saiba como formar um clube de carros antigos.

O que os clubes de carros antigos fazem?

Os eventos realizados pelos clubes de carros antigos costumam ser promovidos nas redes sociais e em páginas mantidas por interessados pelo mundo automobilístico. Entre os clubes, existe uma infinidade de segmentos e atividades promovidas.

Alguns associados, por exemplo, gostam do contato com a natureza das viagens longas. Outros só querem ter a oportunidade de ver de perto várias relíquias reunidas.

Quanto aos temas, existem os clubes mais amplos — que envolvem tudo o que existe sobre veículos antigos. Há também aqueles focados em épocas e em alguns tipos de veículos. Para se ter uma ideia, existem clubes dedicados a fabricantes e até a modelos específicos.

Com toda certeza, uma das coisas mais legais dos clubes de carros antigos é conhecer pessoas com interesses semelhantes. Além de novas amizades, você faz contatos importantes.

Nesses contatos, se obtém informações sobre quem quer comprar ou vender veículos, peças e itens de coleção. Nada disso é fácil de encontrar e os clubes facilitam muito a vida dos colecionadores.

Como fundar um clube de carros antigos?

Como praticamente qualquer associação ou empreendimento, nenhum clube começa grande. Mas alguns começaram com um número extremamente reduzido de membros e acabaram se tornando internacionalmente importantes.

A boa ideia é unir pessoas amigas, que se reuniriam e se dariam bem, mesmo sem o clube. Ainda assim, é importante reunir o maior número possível de participantes.

Redes sociais são um ótimo ambiente para recrutar membros. Os convites devem enfatizar as vantagens de participar do clube. Vale mandar e-mails de vez em quando, para manter o contato com todos.

Para ser inaugurado, é bom que o clube tenha entre 5 e 10 pessoas realmente comprometidas com o propósito. É importante, também, saber de antemão em que tipo de evento os sócios têm interesse.

Outro ponto é que os fundadores já estejam credenciados em algum clube maior. Isso evita que alguém entre de paraquedas no meio e permite ficar por dentro de assuntos como administração e planejamento. Além disso, deixa aberto um canal para oportunidades de parcerias.

É possível transformar o clube em um negócio?

Os encontros e demais eventos são as maiores oportunidades para ganhar visibilidade e arrecadar dinheiro. Mesmo se não for possível fazer eventos com tanta frequência, vale, pelo menos lançar um boletim mensal, para o clube não cair no esquecimento.

Se a pretensão for de rentabilizar o clube, você vai ter que pagar imposto. Também precisa abrir inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e na Receita Federal.

As exigências para um veículo fazer parte do clube devem ficar documentadas em um estatuto. Tudo — reuniões e estatuto — precisa constar em atas registradas em cartório.

O lugar das reuniões precisa ser amplo, para comportar os veículos de todos os membros e, mesmo assim, não impedir a circulação das pessoas. É uma boa ideia usar um estacionamento comercial em um dia que não seja de trabalho.

Como você pode imaginar, custa dinheiro arranjar um local para os encontros e manter a estrutura do clube. Por isso, avalie a média mensal de custos e leve em conta a quantidade de membros. A partir daí, basta calcular um valor justo para a mensalidade.

Mesmo que seja uma organização sem fins lucrativos, ainda é preciso fazer uma declaração de renda anual. Claro, fazer tudo sozinho é complicado. Por isso, outro passo importante é eleger os membros mais indicados para a administração.

Claro que manter um clube de carros antigos dá trabalho, mas nunca esqueça de tratá-lo como paixão. Siga a gente no Facebook e saiba mais sobre esse universo tão fascinante!