Postado 22/07/2016 por Daniel Farkuh

Carros clássicos à venda: confira 4 dicas para não errar na compra

É indiscutível que, além de chamar a atenção por onde passa, um verdadeiro carro clássico é a grande paixão de muitos motoristas. Mas muitas pessoas têm dúvidas sobre a melhor maneira de procurar por carros clássicos à venda e quais cuidados são necessários no dia a dia. Além disso, por se tratar de carros antigos muitas vezes alguma restauração pode ser necessária.

Para quem deseja iniciar ou já possui o hobby de investir em carros clássicos, preparamos esse post com 4 dicas valiosas que te ajudarão na compra, manutenção e até mesmo na restauração de seu clássico.

1. Planejamento dos gastos

O primeiro passo começa antes mesmo de sair à procura de seu clássico. Como já vimos, além do próprio valor do carro, podem ser necessários gastos adicionais com reparos e restaurações. Peças de reposição para alguns modelos podem ser difíceis de serem encontradas. Contar com um profissional de confiança para as revisões e serviços a serem feitos também é fundamental. Algumas seguradoras não cobrem veículos com mais de 30 anos, então é bom levar isso em consideração também.

A vantagem econômica dos veículos antigos é a isenção ou menor valor do IPVA, dependendo da idade do veículo e do estado do país em que está registrado.

2. A procura por carros clássicos à venda

A maneira mais comum de se comprar um carro clássico é por venda direta. Como esse mercado ainda não é tão grande no Brasil, dificilmente você vai encontrar esses veículos nas concessionárias. Existem sim lojas especializadas nesses modelos, mas como o serviço é pouco usual, é provável que o valor final acabe ficando bem maior.

Pesquise bastante e faça visitas pessoalmente ao vendedor. Comprar direto do dono certamente sairá mais em conta e você poderá ter mais liberdade para negociar.

3. A hora da escolha

É de extrema importância a confiança na procedência ao comprar um carro clássico, por isso é essencial que você conheça o veículo pessoalmente. Solicite todas as informações relativas ao carro e, de preferência, faça um test drive para ter uma ideia melhor sobre sua situação.

Verifique a carroceria e se há problemas em sua estrutura ou pontos de ferrugem. Verificar a quilometragem também é importante, mas no caso de carros antigos a maneira como ele foi conservado pode ser mais determinante. Também é fundamental pesquisar bastante para aliar qualidade a um bom preço, uma vez que muitos carros clássicos não possuem um valor tabelado de mercado.

Qualquer avaria pode ser significativa se a peça for difícil de ser encontrada. Caso pretenda fazer uso constante do seu clássico, uma boa dica é optar por carros que foram mais populares em suas épocas. Assim, a oferta de peças de reposição certamente será maior.

4. Cuidados com a restauração

Um clássico impecável certamente será mais caro. Por isso, em alguns casos a restauração pode ser uma boa escolha, mas exige alguns cuidados.

Restaurar um carro antigo pode se transformar em uma longa jornada, principalmente se não soubermos bem o que estamos fazendo. Nesse caso, nada melhor do que um profissional de confiança para nos orientar nessa tarefa. Se possível, peça a ele que o ajude desde o momento da compra.

Lembre-se também que o grau de dificuldade e o tempo que a restauração levará dependerão do estado do veículo e da disponibilidade de suas peças. Procure acompanhar todos os processos da restauração. Além de ser uma oportunidade de aprender mais sobre carros clássicos, você evitará surpresas desagradáveis no final.

E aí, gostou do post? Esperamos te ajudar a fazer a melhor escolha na hora de procurar carros clássicos à venda. Para ficar por dentro de mais dicas, assine nossa newsletter e acompanhe nossa página no Facebook!