Postado 27/10/2016 por Daniel Farkuh

4 dicas para encontrar peças de carros antigos

A maior dificuldade dos proprietários de carros antigos é encontrar peças originais ou compatíveis na hora de fazer a manutenção do veículo. Por não serem mais fabricados há alguns anos, as montadoras não fornecem peças de reposição para a manutenção desses clássicos.

Porém, isso não impede que esse mercado continue em expansão. Confira agora algumas dicas para encontrar peças de carros antigos.

1. Procure peças de carros antigos em um ferro-velho

Uma boa opção para encontrar a peça desejada é procurar em um ferro-velho ou desmanche autorizado, verificando a existência de peças e sua conservação em carros do mesmo modelo e ano ou em carros que utilizem peças compatíveis.

Para esse tipo de peça, deve ser realizada uma análise de conservação e funcionamento por um mecânico de confiança, garantindo que ela não esteja danificada, pois isso pode causar riscos à sua segurança.

2. Verifique a existência de peças compatíveis

Caso esteja difícil encontrar a peça original para o seu carro antigo, você pode verificar se existe uma peça compatível em algum veículo que ainda seja fabricado ou que tenha mais peças de reposição no mercado.

É importante que seja realizada uma análise, também, para verificar se a peça em questão responderá bem às expectativas.

3. Procure em sites de importação

Existem alguns sites que fornecem peças importadas, sendo muitas vezes mais viável do que a realização da compra da peça no Brasil devido à dificuldade que se tem de encontrá-la.

Porém na hora de comprar pela internet, é necessário ter algumas precauções como:

Verifique a confiabilidade do site

Procure pesquisar em fóruns pessoas que já tenham realizado compras do site, para tranquilizá-lo em relação ao recebimento do item

Tenha a descrição e dimensão completa da peça

É importante solicitar um desenho de dimensões ao fabricante, para verificar detalhes de furações, distância entre centros, etc.

Consulte o prazo de entrega

Sempre verifique o prazo, pois ele pode variar muito em relação à forma de entrega, que pode ser feita diretamente ou passar pelos Correios. Uma dica é a utilização do frete Courier, como Fedex, UPS e DHL.

Saiba os impostos que serão aplicados sobre o valor da compra

Como quase todos os produtos importados, as peças de carro são taxadas. Verifique o valor da peça aqui e o valor importado mais os impostos, seguro e frete. Coloque na ponta do lápis e decida se vale a pena ou não importá-la.

4. Solicite o reparo ou a fabricação de peças novas

Algumas oficinas mecânicas oferecem o reparo de peças danificadas ou até mesmo a fabricação de uma peça nova. Hoje em dia, devido à tecnologia, isso é totalmente possível, porém só deve ser feito por profissional qualificado e de confiança. Além disso, a peça fabricada ou reparada pode ter um custo relativamente alto.

Agora basta colocar na ponta do lápis a opção mais rápida, segura e econômica na hora de comprar peças de carros antigos. Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de tudo que envolve esses clássicos!